Projetos

Instituto Mobilidade Verde

Em 2010, fundamos o Instituto Mobilidade Verde uma ONG sem fins lucrativos para planejar cidades de baixo impacto de carbono, desenvolver missões técnicas de mobilidade urbana cujo objetivo era melhorar a qualidade dos planejamentos urbanos através de cooperação técnica com outras cidades, planejamento de mobilidade urbana sustentável, criação de bairros mais humanos e sustentáveis, desenvolvimento de novas metodologias , instrumentos e novas  abordagens urbanísticas para cidades de países em desenvolvimento, pesquisas,  intervenções urbanas e políticas públicas. Atualmente o Instituto desenvolve projetos de pesquisa sobre ocupação de espaços públicos.

Projetos sociais  e Pesquisa

  • Pesquisa sobre caminhabilidade com deficientes visuais Av. Paulista – SP
  • Pesquisa sobre caminhabilidade no bairro do Botafogo – RJ
  • Pesquisa sobre caminhabilidade em Bogotá – Colombia
  • Pesquisa sobre impacto do patrimônio histórico na caminhabilidade do centro de SP
  • Pesquisa sobre Parklets , 2013, 2014 e 2015
  • Pesquisa sobre usos dos Parklets 2014
  • Pesquisa sobre percepção de Território – Afuá – Ilha do Marajó – Pará

Biblioteca Comunitária de Quijingue – Bahia
Projeto de biblioteca comunitária no sertão da Bahia, localizada no sitio Lagoa da Barra , comunidade de 600 famílias 60km de Quijingue, situado no polígono da seca, no sertão da Bahia, 700km de Salvador, o projeto funciona desde 2013.

Cozinha São Paulo ( até final de julho 2016)
Um projeto de estudo sobre ocupação de espaço público através da gastronomia social. Um container foi instalado na praça dos arcos através de um termo de cooperação , a contrapartida social foi a doação de todo o ativo para prefeitura de São Paulo.  Em julho de 2016 o container cozinha com todo equipamento será doado para a prefeitura.  Durante um ano 5 grupos de jovens cozinheiros ficaram entre 1 e 3 meses na cozinha, o objetivo era ocupar a praça dos Arcos , um espaço público  todo revestido de concreto. Ao longo do ano as pessoas começaram a voltar para a praça, crianças, idosos , famílias… O índice de delitos no entorno diminuiu.  Tudo o que os cozinheiros vendiam 100% eram para eles .

Projetos desenvolvidos pelo Instituto Mobilidade Verde

Pedal Social ( 2012 e  2013)
Projeto experimental voluntário,  envolvendo locação de bicicletas gratuitas para comunidade de baixa renda ( http://www.pedalsocial.org ), bicicletas foram recebidas como doação e repassadas para as entidades parceiras
-Desenvolvido no Centro de São Paulo em parceria com o Movimento Estadual de pessoas em situação de rua
-Pedal Social Cambuci
Desenvolvido junto com o Biourban

Pedal Social foi escolhido  como exemplo pela Universidade de Viena para compor um livro sobre projetos sociais no espaço público

Bicicloteca:
Trata-se de uma experiência envolvendo cultura e mobilidade, atualmente conta com 11 unidades em São Paulo e Rio de Janeiro ( http://www.bicicloteca.com.br)
Financiado pela Iniciativa Privada

Bicicloteca foi escolhido como uma das 80 melhores intervenções sociais do mundo pela Enable Cities, publicado pela universidade de Harvard.

Zonas 30km/hAção que visa incentivar a criação de bairros mais seguros para andar a pé e de Bicicleta e restringe a velocidade e o acesso de automóveis.
Ainda não aplicado

Bibliotaxi
Projeto criado pelo Instituto Mobilidade Verde cuja gestão é feita pelo Vila Mundo e atualmente pelo Easy Táxi

Bibliotáxi esta atualmente em mais de 10 países

Campus Aberto
Projeto de pesquisa experimental com universidades através de um aplicativo que incentiva o transporte multimodal

Cidade que Queremos
Conceito de caminhadas de empoderamento de comunidades
http://www.cidadequequeremos.worpress.com

Parklets ( virou políticas públicas)
O Instituto Mobilidade Verde  desenvolveu os primeiros Parklets  ( pequenos espaços de conviência ocupando a área de estacionamento  de dois carros na via pública) na cidade de São Paulo ( http://www.facebook.com/zonaverdesp)
O instituto  desenvolveu 7 Parklets em 2014 , todos financiados pela iniciativa privada

Pocket Parks  ( 2014)
Pequenas praças em espaços ou áreas mal aproveitadas da cidade
O primeiro foi feito na rua Oscar Freire 970.

Vertical Square ( 2014)
Conceito de praças verticais desenvolvida pelo Instituto Mobilidade verde para serem aplicadas em empenas cegas em áreas com baixo índice de espaços verdes.
Ainda não implantado

Walkability ( Caminhabilidade)
Trata-se de uma metodologia que aplicamos em ruas , bairros e cidades para entender o quanto uma rua é boa para caminhar, esse conceito tem impacto direto na qualidade de vida da comunidade
– Urbanismo Caminhável
Desenvolvido na cidade de Jundiaí

U-Bike
Projeto de criação de jornadas de experiência com a  Bicicleta na cidade de São Paulo(www.u-bike.com.br )

Maiores detalhes: lp@mobilidadeverde.org

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s