Instituto Mobilidade Verde estuda novas cartografias para estimular caminhadas afetivas

As pessoas deixaram de frequentar o espaço público trocando-os pelos espaços comerciais. E se os mapas dos bairros fossem diferentes:  mais afetivos, sensoriais, menos convencionais que pudessem estimular a criatividade, a deriva, a deambulação e o Flanêur ? Dentro desta concepção saímos pela Vila Madalena para propor um novo modelo cartográfico baseado em sensações, referências numéricas, cores, sons, colagens, mapas térmicos,  narrativas locais, histórias das pessoas. Nem tudo precisa ter um sentido objetivo, mercadológico, a idéia do projeto é poder  se entregar a uma experiência de deriva,  para descobrir uma cidade diferente… os espaços vazios, banais, os não lugares. veja abaixo o resultado dos exercícios e veja outras mapas de outros locais e pessoas… Quem quiser cooperar com novos mapas, enviar projetos para contato@mobilidadeverde.org

95faec7e17e900dcee74b6220d8d5658Exemplo de um Scratch Map acima… abaixo mapa google Vila Madalena

cartografiaAbaixo novos modelos de cartografias proposta pelo Imargem ( Cartografiti)

-16 -15

O pessoal do Imargem utilizou os muros das casas ( Ilha de Bororé)  para fazer uma cartografia e contar as narrativas locais através de artistas do bairro que eles chamaram de cartografiti e usar os muros para resgatar narrativas locais
-4 -5 -6 -8 -9 -10 -11 -12 -13 -14 -15 -16

Rayan Raffa , um artista de Nova York usou um aplicativo Max MSP e aplicou dados GPS que ele  coletou  durante passeios em Nova York ; fazendo uso da latitude, longitude, altitude, velocidade e duração, o programa de saída midi criou musica a partir de  várias posições de latitude e longitude (ou pontos de interseção) como acordes, atribuindo uma nota para cada valor. A velocidade em que ele se  movimentava  alterava a rapidez com que as notas (ou acordes de latitude / longitude) eram reproduzidas em sucessão, e o comprimento de tempo que ele  permanecia  em uma área de espaço afetava o tempo que as notas eram pressionadas:
derive3-finalveja mais em: Urban Drifts

Abaixo Proposta do Projeto NN Aguanto de Medellin que partiu da idéia de mapear o imaginário das pessoas acerca da cidadania, inquietudes, antecedentes e compartilhar através de uma nova cartografia…

-18

Cartografia proposta por Simon Gray em Wellington – Nova Zelandia numa escola secundaria utilizando os conceitos de psicogeografia, sensações como cheiro, texturas, sons, equipamentos públicos…

mapa_texturas

mapa_sonoro picture-2 owjl-finalmap2 photomap

Abaixo o mapa de ruas  convencional da Vila Madalena com alunos de Arquitetura em SP.

cartografiaabaixo modelo proposto através de uma relação numérica, que podem ter uma escala ou não.

cartografia2 Abaixo mapa térmico que pode ser térmico ou sensorial cartografia5 Mapa baseado em cores subjetivas, o caminhante percorre cores aleatórias cartografia4 Mapa sonoro

Paula Scher  em sua série Os Mapas ,aplica seu design e tipografia habilidades para a arte da cartografia, criando mapas coloridos vivos que dão uma visão pessoal e opinativo sobre regiões e continentes. Os mapas meticulosamente intrincados estão estourandos com nomes, números e informações a partir de uma composição inteligente que manipula o tamanho, a direção ea escala do tipo a se formar em uma visualização impressionista de suas opiniões. Embora os mapas podem aparecer geograficamente precisa, Scher insiste que “Eles estão todos errados, eu quero dizer, nada está no lugar certo. Coloquei no que eu sinto. É o meu comentário sobre a informação em geral. Recebemos um monte de informações o tempo todo e principalmente é mentiras ou inverdades leves.

pinyin_map_artProposta de Mapa Escultura da Artista Annalise Rees

Derive II (detail) Derive IV Derive I (detail)Veja mais em : Annalise Rees

Regina Spektor

6e4e1c9ec8344508255a5fc34b823f42

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s