Parklet da rua Padre João Manuel melhora vitalidade econômica do entorno

10533398_4457880021539_5692438506856565741_n
O Parkelt que instalamos a 5 meses na rua Padre João Manuel, sempre foi bem utilizado pela comunidade, cada dia que passa,  mais e mais pessoas fazem fila para sentar, descansar ou comer um lanche num espaço público, charmoso, agradável  e gratuito, onde antes ficavam estacionados dois carros. Isso comprova como a cidade é carente de espaços de convivios, porém, conversando com os comerciantes locais notamos que além de trazer uma nova cara mais alegre para a paisagem da região, o Parklet estão ajudando na vitalidade economica, isso porque as pessoas mudam o caminho para conhecer o parklet, gente de outras regiões também estão indo para o local para conhecer a novidade, além de centenas de reportagem que são feitas por ali, o parklet também já foi cenário até para um longametragem… Um lojista relatou um crescimento de vendas  entre 3% a 4% em relação ao mesmo período do ano passado.

Parklet do Instituto Mobilidade Verde e ContainIt é inaugurado pelo Prefeito Fernando Haddad

Hoje o  Instituto Mobilidade Verde inaugurou novo Parklet em São Paulo com a participação do Prefeito Fernando Haddad, o projeto tem como objetivo estimular uma nova política de urbanismo na cidade de São Paulo, com foco numa cidade mais humana e sustentável.

parklet9

Prefeito Fernando Haddad e Secretário de Desenvolvimento Urbano de São Paulo, Fernando Melo, durante entrega de Parklet no bairro do Paraíso em SP

parklet8 parklet7

 

Continuar lendo

São Paulo receberá dia 13 de agosto seu 6º Parklet, uma parceria entre o Instituto Mobilidade Verde ContainIT e Prefeitura de São Paulo

10341503_4427844390667_1335416669127893919_n10494569_4427844670674_7765567888721469083_nParklet

É uma extensão de calçada com mobiliário urbano, cujo objetivo é oferecer espaços de convivência de qualidade para população. Faz parte de um projeto urbanístico  que visa elevar o número de espaços de públicos na cidade de São Paulo, é também uma forma de melhorar a qualidade de vida,  incentivar a cultura de paz e tolerância entre as pessoas.

A introdução do Parklet no bairro do Paraíso se deu através de um estudo de viabilidade desenvolvido pela ONG Mobilidade Verde, a escolha se deu em função de ser um bairro com muitos moradores idosos, jovens casais com filhos e quantidade de escolas muito próximas, trata-se de um bairro misto, com comércio vibrante e com um bom transporte público. Este processo contou com mapeamento de Stakeholders ( membros da comunidade), comércio local, moradores e parceria com a gestão pública. Junto com o Parklet foi introduzido uma vaga de carros para idosos.

Continuar lendo

Institituto Mobilidade Verde participa do especial de Mobilidade Urbana da TV Globo

Entrevista com presidente do Instituto Mobilidade Verde  para o especial “Desafios para o próximo Governador” Eleições 2014, um olhar sobre as cidades mais humanas e sustentáveis, e reflexões  sobre a importância da redução das distâncias entre casa, trabalho, educação, lazer e saúde.

globo_3 globo1 globoAssista o programa no link : Especial – Eleições 2014 – Mobilidade Urbana TV Globo

Cidade de São Paulo receberá novo Parklet no bairro do Paraíso

Instituto Mobilidade Verde em parceria com a ContainIt, zoom e H2C arquitetura, irão  começar instalar nesta segunda feira dia 11 de agosto  o 5º Parklet desenvolvido pelo grupo, desta vez em área mista entre um restaurante e um pequeno condomínio no bairro do Paraíso. A inauguração está prevista para proxima  quarta-feira.

Continuar lendo

Instituto Mobilidade Verde lança o projeto Biblioteca Afetiva – Narrativas Locais

cropped-img_46611.jpgBiblioteca Afetiva ( Narrativas Locais)

Com a crescente urbanização, falta de espaços públicos,  forte  verticalização dos bairros  tem causado um efeito muito perigoso que é a falta de narrativas locais, isso se dá pela falta  de convívio entre as pessoas, culminando pelo esquecimento, esvaziamento da memória do bairro. Novos empreendimentos são feitos, novas pessoas chegam ao bairro, não criam laços, nem raízes, não conhecem as narrativas locais, não convivem, não usam os espaços públicos, não ligam para o bairro. Reunir as pessoas, escutar os moradores mais antigos, contar a história do bairro são parte deste projeto que visa trazer maior afetivida entre as pessoas e o seu espaço, conectar as pessoas com o seu bairro. A criação de laços afetivos fazem as pessoas cuidarem mais do local onde mora, cria vitalidade social e econômica, segurança e qualidade de vida.

Estamos procurando voluntários para o levantamento das narrativas locais, vamos montar finalmente a biblioteca afetiva, o projeto começa com a seleção de antigos moradores de um  bairro, começaemos pela Vila Madalena, para gravar suas histórias de vida no bairro, as raízes do bairro, mitos e lendas…trabalho, educação… faremos a transcrição e levaremos para as escolas locais onde as crianças irão ilustrar estas histórias e fazer uma cartografia afetiva baseado nos relatos, que serão digitalizadas e inseridas no site biblioteca afetiva… a idéia é ir ampliando o projeto para outros bairros, cidades… O objetivo deste projeto é recuperar as narrativas locais… Hoje na maioria das grandes cidades  os bairros são pobres de narrativas locais.

Porquê o bairro tem esse nome? porquê a rua tem esse nome? porque ele foi criado? quem morou aqui? quais eram as lendas e mitos da região? queremos fazer um memorial digital para que as pessoas possam uma relação afetiva com o seu espaço, cuidar da rua, conhecer pessoas… hoje as pessoas moram num endereço sem nenhuma história, sem nenhum vínculo com o bairro… Se você não tem nenhum vínculo com o espaço onde você mora, você não liga, não cuida, não vive nele…

Objetivo:

Catalogar 6 bairros por ano
60 histórias por ano.

Ampliar o projeto ano a ano…

Primeiro bairro: Vila Madalena – SP

Operação:

1) Começaremos o levantamento das histórias através de voluntários e redes sociais
2) Seleção das histórias
3) Gravação de vídeo de até 3 minutos ( até 10 histórias por bairro)
4) Transcrição das histórias
5) Workshop de desenho com crianças até 12 anos ( parceria com escolas locais)
6) inserção das histórias no site
7) divulgação das histórias pelo portal Catraca livre e redes sociais

A Biblioteca Afetiva será virtual

Para ser voluntario ou sugerir personagens, moradores antigos:
contato@mobilidadeverde.org

 

Instituto Mobilidade Verde instala Biblioteca no Sertão da Bahia

10516703_722041447832127_4117035162455851542_nO projeto de construção da Biblioteca Comunitária do povoado de Lagoa da Barra no município de Quijingue tem como objetivo levar leitura e contribuir com a melhoria no IDH daquela região. Com a implantação do projeto , Lagoa da Barra ganhou um acervo de mais de 2.000 livros, grande parte do acervo literatura brasileira e infantil. Com o trabalho desenvolvido pelo IMV e parceiros  e em conversa com educadores locais, trata-se da primeira biblioteca de toda região, a idéia é inspirar outras cidades da região a fazerem o mesmo, afinal de contas a educação é o principal componente do IDH, ou seja quanto mais educação melhor será a qualidade de vida e maiores são as chances da pessoa ser o que ela gostaria de ser. O Instituto Mobilidade Verde vem trabalhando com esta temática desde a implantação das Biciclotecas em 2010. Atualmente foram implantadas 9 biciclotecas em São Paulo e duas no Rio de Janeiro.

a_quijingue88

Continuar lendo